Meu Guri

Brasil reduz taxa de mortalidade infantil

Thais Mendes Iannarelli

Mais uma vez, o Brasil reduziu os índices de mortalidade infantil e melhorou quatro posições no ranking do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), de 2010 para 2011.

A informação é do relatório Situação Mundial da Infância 2013, lançado em maio. Segundo o documento, o Brasil diminuiu de 19 para 16 a taxa de mortes por mil crianças menores de 5 anos – na edição de 2012, com dados de 2010, o País ocupava a 103º posição sendo a primeira posição é ocupada pela pior taxa de mortalidade. Agora, o País está no 107º lugar.

De acordo com o levantamento, em 1970, cerca de 16,9 milhões de crianças menores de 5 anos morriam a cada ano; já em 2011, o número foi estimado em 6,9 milhões. O relatório também destaca ainda que o Brasil também vem adotando iniciativas de proteção social, que incluem transferência monetária diretamente para crianças com deficiência.

www.saude.gov.br

leia também

Notícias da mídia Crianças são duas vezes mais vulneráveis a acidentes no trabalho
Notícias da mídia Trabalho infantil tem primeira alta em dez anos, aponta IBGE
Notícias da mídia Fórum Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil se reúne pela primeira vez em 2015
Notícias da mídia Violência escolar atinge 1 milhão de crianças, diz pesquisa